Livro ‘O diabo veste Prada’ mistura ficção com realidade em trama surpreendente

tumblr_n142imRSOK1qjiwlho1_500

Livro ‘O diabo veste Prada’ foi escrito pela jornalista Lauren Weisberger e virou best-seller

Logo após fazer minha inscrição para a faculdade de moda, naquela ansiedade antes do início das aulas, comecei a procurar livros da área para comprar. Na pesquisa, descobri que o famoso filme O diabo veste Prada foi inspirado em um livro. Normalmente, eu gosto de ler o livro antes da adaptação para o cinema, mas como cheguei atrasada, fiquei animada para comprar mesmo assim.

Acontece que o livro foi lançado em 2003, então não encontrei para comprar em nenhuma livraria física ou virtual durante dois anos. Procurei em todo lugar e, sempre que visitava uma livraria, me lembrava de procurá-lo. Quanto mais difícil ficava essa busca, mais curiosa eu ficava para ler. Nesse meio tempo, encontrei A vingança veste Prada, livro que foi lançado na sequência, para comprar – e comprei, mas não li porque não fazia sentido mudar a ordem.

1

Livro foi lançado em 2003 e virou filme três anos depois

Recentemente, acabei entrando em um sebo online, o Estante Virtual, para procurar um livro para um trabalho da faculdade e, como de costume, joguei O diabo veste Prada na busca, só por desencargo de consciência, e encontrei várias opções! Não me pergunte porque não pensei nisso antes, mas só sei que fiquei feliz em descobrir que não existia mais o livro novo para vender, mas muitas pessoas estavam desapegando.

Acabei comprando por um preço bem camarada e recebi meu tão sonhado livro quatro dias depois, em perfeito estado (sou muita chata com livro, odeio que amasse, risque, suje ou rasure de qualquer forma). Eu tinha selecionado outro livro para ler naquela semana, mas logo passei o novato para frente da lista e comecei a ler meio que imediatamente.

235212.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Meryl Streep e Anne Hathaway, na pele de Miranda e Andrea na adaptação para o cinema

Assim que comecei a ler, as cenas do filme vieram na cabeça. Eu não lembrava direito da história porque faz tempo desde que assisti pela última vez (alô Netflix, fica a dica!), então posso dizer que fui surpreendida em cada página. A história é tão rica em detalhes que criei os personagens na minha cabeça e às vezes até esquecia dos atores e das atrizes que interpretaram eles nas telonas.

Para quem não sabe, o livro é escrito por Lauren Weisberger, que tem uma história bem parecida com a de Andrea Sachs, personagem principal do livro. Lauren foi contratada assim que saiu da faculdade como assistente de Anna Wintour, editoria da Vogue Americana, considerada um dos principais nomes da moda no mundo até hoje, já que ela ainda ocupa o mesmo cargo.

Quem já viu o filme lembra: Andrea passa muitos perrengues com sua chefe completamente maluca, que vive em um mundo paralelo de glamour, faz pedidos bizarros e abusa do assédio moral com seus funcionários. Não dá para saber o que é verdade e o que Lauren aumentou no livro, mas não é difícil acreditar nas histórias que conta.

anna-wintour.w750.h560.2x

Anna Wintour, diretora da Vogue americana

Lembrei de alguns chefes que já tive lendo o livro e da pressão que é trabalhar em uma redação. Apesar de Andrea gostar muito de escrever, ela ocupa um cargo totalmente diferente na Runway (revista fictícia do livro), mas dá para ver como funciona a empresa e como todos têm o ego muito inflado.

Outra coisa que me chamou muito a atenção também foi a paranoia de todos da revista para emagrecer e manter-se sempre nos padrões da moda. Os funcionários seguiam regras de moda, maquiagem, comportamento, estética, enfim….era como se o corpo realmente importasse muito mais do que o interior.

Gostei muito do livro, a história me deixou muito curiosa para cada desfecho e li em pouco tempo, ansiosa para saber quando Andrea se livraria daquela chefe doida. Hoje fico pensando no impacto que esse livro teve na época em que foi lançado, na repercussão e se Anna Wintour mudou sua postura no ambiente de trabalho.

Para quem está procurando uma leitura dinâmica e divertida, daquelas que prendem nossa atenção, super indico O diabo veste Prada. Mesmo quem não gosta de moda vai se interessar pelo livro, até porque no começo a personagem principal também não gosta. Para mim, livro bom é aquele em que a gente fica ansioso para ter um tempinho para ler e fica pensando na história e nos personagens durante o dia…então valeu a pena toda a espera, porque a história é realmente bem interessante. Agora comecei a ler A vingança veste Prada, mas isso é assunto para outro post.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s